Brasil

Pela segunda vez, estudantes e professores tomaram as ruas nesta quinta-feira (30/5) para protestar contra o contingenciamento de recursos na educação. Até por volta das 20h, haviam sido registrados protestos em, pelo menos, 126 cidades de 25 estados e do DF. Em Brasília, estudantes, professores e sindicalistas, se concentraram em frente ao Museu da República e se dirigiram, em passeata, até o Congresso Nacional. A Polícia Militar do DF contabilizou, até as 11h, cerca de 1,5 mil manifestantes, mas não houve contagem final. Segundo a União Nacional dos Estudantes (UNE), o ato reuniu 30 mil pessoas.

À noite, ocorreram manifestações em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte. Em São Paulo, a concentração foi no Largo da Batata, no bairro de Pinheiros. Em seguida, o grupo seguiu em passeata pela Avenida Rebouças em direção à Avenida Paulista. No Rio, os manifestantes seguiram da Igreja da Candelária rumo à Cinelândia, caminhando pela avenida Rio Branco. Milhares de pessoas participaram(Correio Braziliense).