Brasil

Nove detentos que teriam ordenado uma série de mortes em quatro cadeias de Manaus devem ser transferidos para presídios federais esta semana – informou o governo do estado.Os nomes dos presos não foram divulgados, e a lista de transferência pode aumentar, no decorrer da investigação do massacre que deixou, entre domingo e segunda-feira, 55 mortos, a maioria por asfixia.

Esta madrugada, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, informou que vagas seriam disponibilizadas em presídios federais para os mandantes dos ataques.Ele também confirmou o envio de tropas da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária para reforçar a segurança nos presídios do estado do Amazonas (Estado de Minas).