Saúde em Foco

A área da saúde de Belo Horizonte também foi afetada pela greve geral nesta sexta-feira contra a reforma da Previdência e cortes na área da educação pelo governo federal. Os centros de saúde da capital mineira estão abertos, porém, alguns serviços não são realizados.

Nesta manhã, a movimentação era tranquila no Centro de Saúde Cachoeirinha, na Região Noroeste de BH. Flaura Bruna, de 34 anos, procurou por atendimento ao acordar com dores abdominais. “Quem está chegando, está sendo atendido. E demorou cerca de 20 minutos, o que corresponde a um tempo médio mesmo para atendimento. Tem dois médicos trabalhando”, contou. Funcionários da unidade de saúde disseram que estão atendendo apenas ocorrências de urgência (Fonte : Estado de Minas ).