Saúde em Foco

O estoque de embriões congelados do Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) atingiu 97% da capacidade e, segundo a Secretaria de Saúde do Distrito Federal, precisa ser esvaziado para atender novos pacientes.

De acordo com o Serviço de Reprodução Humana do hospital, responsável pela armazenagem e pelos procedimentos de reprodução assistida, cerca de 250 embriões estão guardados há, pelo menos, três anos.O número representa, aproximadamente, 50% do material. Por lei, apenas os pacientes [casais] podem escolher o que fazer com os embriões humanos( G1 ).