Política

Desde janeiro deste ano, os deputados distritais apresentaram 21 projetos voltados a pessoas com deficiências. As iniciativas vão desde a garantia de locais de lazer adaptados e outras questões de acessibilidade à determinação de cotas para a contratação para cargos comissionados do DF. Na prática, porém, quem sofre com o preconceito e as dificuldades destaca que as medidas são importantes, mas precisam sair do papel e não ficar como casos do passado restritas à legislação.

Deficiente físico, o deputado distrital Iolando Almeida (PSC) é autor de sete dos 21 projetos de lei que tratam do tema na Casa. Ele trabalha para a criação de uma secretaria para pessoas com deficiência no GDF e deve assumir o cargo. Uma das proposições do parlamentar trata da criação no DF de uma central de cadastro de empregos para pessoas com deficiência

(Fonte:Correio Braziliense ).