Economia

O presidente dos Correios, general Juarez Cunha, anunciou nesta quarta-feira (19) que vai se afastar do cargo.”Hoje me afasto dos Correios. Foram 7 meses de alegria, obtivemos excelentes resultados, conduzimos a recuperação da Empresa e fizemos grandes amigos.

Saldo muito positivo e a certeza que vocês continuarão no cumprimento da missão. Um abraço a todos!”, afirmou Cunha em uma rede social.A saída de Juarez Cunha já era esperada. Na última sexta-feira, o presidente Jair Bolsonaro havia afirmado ter decidido demitir o presidente da estatal. Segundo Bolsonaro, o militar se comportou como “sindicalista” e se manifestou contrário à privatização da estatal, avalizada pelo presidente da República (Fonte: G1).