Polícia

Uma ocorrência para prisão de dois jovens e apreensão de um adolescente por uso de drogas terminou em confusão nas portas do Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA). De um lado, moradores da Ocupação Eliana Silva, na Região do Barreiro, acusam as polícias Militar e Civil de agir com truculência, devido ao uso de balas de borracha, spray de pimenta, bombas de gás lacrimogêneo e cassetetes.

De outro, a Polícia Militar de Minas Gerais informa que houve “consumo de drogas, resistência à abordagem e desacato à autoridade, condutas definidas pela Lei como crimes, sendo medidas policiais cabíveis a prisão e a condução à polícia Judiciária para providências de flagrante delito (Fonte: Estado de Minas).