Polícia

Equipes da Polícia Militar (PM) fazem o cerco atrás de criminosos que sequestraram um funcionário de um banco e a mulher dele. A quadrilha conseguiu roubar dinheiro de uma agência do Banco do Brasil de Muzambinho, na Região Sul de Minas Gerais.

Na fuga, o bando ainda fez mais duas pessoas como reféns. Todas as vítimas já foram liberadas. Ainda não há informações de quantas pessoas participaram do crime.
Essa modalidade criminosa é conhecida como “crime do sapatinho”. O funcionário do banco e a mulher dele ficaram horas sob as ameaças dos criminosos, no crime que pode ter sido planejado.

(Fonte:Estado de Minas)