Mundo

O governador de Nova York, Andrew Cuomo, promulgou nesta quarta-feira (10) uma lei que proíbe a desigualdade salarial entre homens e mulheres que desempenhem a mesma função. A norma também proíbe as empresas de perguntarem sobre o histórico salarial durante as entrevistas de emprego.

Cuomo sancionou a lei durante a comemoração, em Nova York, do quarto título mundial da seleção feminina de futebol dos Estados Unidos. As americanas derrotaram a Holanda no último domingo (7), com gols de Megan Rapinoe e Rose Lavelle.

(Fonte:G1)