Mundo

Uma Corte Federal de Apelação determinou, nesta terça-feira (9), que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não pode bloquear legalmente usuários no Twitter em função de suas diferenças políticas.

O painel de três juízes ratificou a decisão de um magistrado federal tomada há um ano, de que Trump usava “a discriminação de pontos de vista”, uma violação dos direitos constitucionais da população com ideias contrárias.

(Fonte:Estado de Minas)