Polícia

A força-tarefa composta pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Polícia Civil, Secretaria de Estado de Fazenda e Advocacia-Geral do Estado realizou nesta quinta-feira, 4 de julho, a Operação Papel de Família, com foco no combate à sonegação fiscal na cidade de Juiz de Fora, na Zona da Mata. Foram cumpridos pela Polícia Civil nove mandados de busca e apreensão em três indústrias de papéis, escritórios de contabilidade e residências nas cidades de Juiz de Fora e Sapucaia. Todo o material recolhido fará parte das investigações. Na ação, foram apreendidos em espécie R$10 mil , 12 mil euros e 10 mil dolares.

Segundo as investigações, as indústrias seriam todas pertencentes ao mesmo grupo empresarial derivado da antiga fábrica Paraibuna de Papéis, que teriam, ao longo de mais de 20 anos, praticado diversas fraudes fiscais que geraram uma dívida de cerca de R$300 milhões com o Estado de Minas Gerais, por sonegação de ICMS. O grupo também teria uma dívida de cerca de R$500 milhões com a União, por sonegação de tributos.

Fonte: MPMG