Mundo

No início de julho, a ministra da Defesa da Alemanha, Ursula von der Leyen, foi a escolhida por líderes europeus para ser a presidente da Comissão Executiva da União Europeia. Na manhã de hoje (16), Ursula apresentou suas propostas na sede do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, França.

À tarde, ela se submeterá à votação do Plenário do Parlamento. Se alcançar os votos necessários, ela se tornará a primeira mulher no cargo, no lugar de Jean-Claude Junckerr, atual presdiente da Comissão Europeia (EU).

(Fonte:Agência Brasil)