Nossa Gente

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Fortaleza, Recife, Vitória e Campinas: sete cidades brasileiras com alto risco de falta de água no futuro.
A conclusão é do estudo Atlas Aqueduct de Risco de Água, do Instituto Mundial de Recursos, feito em 189 países.

O biólogo e economista do instituto, no Brasil, Rafael Feltran Barbieri, explica que, em alguns casos, a condição natural já traz esse risco, como nos países de clima árido e desértico. Outros fatores se somam, como a degradação do meio ambiente. O Brasil tem esses dois fatores e, por essas razões, pode faltar água principalmente nas regiões Nordeste, Sudeste e no Planalto Central, onde fica a capital Brasília.

( Fonte:Agência Brasil )