Nossa Gente

Grupos indígenas ocuparam o prédio do Ministério da Saúde localizado na quadra 702 da Asa Norte, na manhã desta segunda-feira (12/8). Cerca de 1500 mulheres índigenas reivindicam melhorias na saúde, se colocam contra a municipalização da saúde índígena, que prevê que eles sejam atendidos em centros de saúde, junto aos demais cidadãos (Hoje, o atendimento é feito nas próprias aldeias, com treinamento específico dos profissionais) e pedem a saída da secretária Especial de Saúde indígena, Sílvia Waiãpi.

Os indígenas acessaram o 4º e 7º andar do prédio e entoaram cânticos e danças. A Polícia Militar reforçou a segurança no local e acompanhou a manifestação.

( Fonte: Correio Braziliense )