Mundo

Um padre da Igreja Ortodoxa foi banido na Rússia depois de tentar batizar um bebê à força na cidade de Gatchina, na região de Leningrado, a cerca de 50km ao sul de São Petersburgo. O incidente, que ocorreu no dia 10 de agosto, foi filmado, e o vídeo mostra a mãe da criança tentando impedir o batismo violento.

O padre, identificado como Foty pelo veículo “Radio Free Europe”, deverá ficar afastado do clero por um ano. Nas imagens, ele aparece tentando afundar o bebê, de 1 ano de idade, várias vezes na água, à força, apesar dos choros e chutes da criança

( Fonte: G1 )