Política

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a cassação de José Tarciso Raymundo (PSDB)Romildo “Casquinha” do Prado Bernardo (PSD), respectivamente prefeito e vice do município de Ibitiúra de Minas, no Sul do estado. A Justiça Eleitoral entendeu que houve abuso de poder político durante a campanha eleitoral de 2016, ano em que foram eleitos. Eles já haviam cassados em 2017, mas estavam no poder por meio de uma liminar.

Na sessão, que ocorreu na tarde dessa terça-feira, foi definido que José Tarciso Romildo ficarão inelegíveis por oito anos. Os ministros também revogaram uma outra liminar de 2017, concedida pelo relator Jorge Mussi, que suspendia, até a definição da Corte, novas eleições na cidade.

( Fonte: Estado de Minas )