Mundo

A Justiça de El Salvador decide nesta segunda-feira se absolve ou condena a jovem Evelyn Hernández, acusada de homicídio agravado por dar à luz em sua casa um bebê supostamente morto.A acusação se deve em função da rígida legislação contra o aborto deste país centro-americano. O julgamento de Hernández, 21 anos, começou em 16 julho.

 

Ela chegou a ser condenada em julho de 2017 a 30 anos de prisão, mas a sentença foi anulada em fevereiro deste ano.

(Fonte:Estado de Minas )