Brasil

A Polícia Civil investiga a suspeita de omissão de socorro e violência obstétrica na Santa Casa de Ribeirão Preto (SP), após uma gerente de vendas dar à luz no banheiro de um dos quartos do hospital. Viviane Borges Gomes, de 33 anos, diz que a bebê bateu com a cabeça no chão e que a equipe médica demorou a socorrê-la após o parto. (G1)