Polícia

Polícia Civil de Minas Gerais ouviu, na noite desta segunda-feira (9), o jogador Juani Cazares, do Atlético, sobre as acusações de estupro e lesão corporal feitas por duas mulheres. Três amigos (dois homens e uma mulher) e um primo dele também falaram. Os depoimentos foram prestados em uma delegacia sediada em Vespasiano, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ninguém foi preso. (Estado de Minas)