Política

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) se manifestou nesta quinta-feira para que réus delatados tenham direito a apresentar alegações finais posteriormente a réus delatores, numa derrota que a corte impõe à operação Lava Jato.

Ao todo seis ministros já votaram a favor dessa tese, no julgamento de um habeas pedido pela defesa de um ex-gerente da Petrobras. O julgamento foi suspenso com um placar de 6 votos a 4 e será retomado na próxima quarta-feira com o voto dos ministros remanescentes e definição da extensão dos efeitos do julgamento. (Reuters)