MB Notícias

Em liberdade condicional, Ruiz aguarda a sentença, que será definida em fevereiro do ano que vem. No Tribunal Federal de San Jose, na Califórnia, Ruiz admitiu ter usado suas credenciais de funcionário para invadir cerca de 6 mil contas do Yahoo. Com seu conhecimento técnico, o engenheiro quebrou senhas e acessou o sistema interno do Yahoo para comprometer as contas. Em depoimento, Ruiz contou que tinha como alvo contas de mulheres jovens, incluindo suas amigas pessoais e colegas de trabalho. Com acesso a contas no Yahoo, Ruiz conseguia comprometer outros serviços como iCloud, Facebook, Gmail e DropBox, sempre em busca de mais vídeos e fotografias íntimas.

( Fonte: Globo )