Jornal da Cidade

A velocidade apontada na multa é incompatível com as possíveis de serem atingidas por qualquer carro. A reportagem aguarda um posicionamento do órgão de trânsito. A servidora pública Lana Albuquerque, dona do veículo, contou à reportagem que a multa foi aplicada em outubro do ano passado, mas ela só notou a infração nesta semana. “Achei estranho porque o documento do IPVA 2019 não chegou, então fui consultar no site do Detran e me deparei com a surpresa de que meu carro estaria a 710 km/h na EPNB.”Além da multa, no entanto, o documento trazia outro dado contestável: o de que a velocidade permitida para a via era de 600 km/h – 10 vezes maior do que o limite máximo.

( Fonte: Votu News )