Jornal da Manhã

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em entrevista à TV Record no domingo, que “o pior ainda está por vir” e que pode ocorrer uma “catástrofe muito maior” no derramamento de óleo que chegou à costa brasileira, já que o material recolhido até agora seria apenas uma parte do que teria sido derramado.

De acordo com as últimas informações da Marinha, cerca de 4 mil toneladas de óleo foram retiradas das praias e do mar no Nordeste, mas o governo não sabe o quanto mais ainda pode chegar. No última final de semana, o óleo começou a se aproximar do arquipélago de Abrolhos, área considerada de maior diversidade marinha no Atlântico Sul. “A notícia ruim: o que chegou até agora e foi recolhido é uma pequena quantidade do que foi derramado, então o pior ainda está por vir, não sei se na costa do Brasil”, disse Bolsonaro.

(Fonte: Reuters)