MB News

As manchas de óleo que foram derramadas em toda a costa do Nordeste já atingem sete praias do Espírito Santo, e autoridades temem que elas cheguem à costa fluminense nos próximos dias. Em entrevista ao Estadão Conteúdo, Humberto Barbosa, coordenador do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite (LAPIS), disse que a intensidade e direção das correntes marítimas e ventos na superfície do mar serão determinantes para a chegada do óleo ao Rio.

A meteorologista Marina Vieira, da Climatempo, explica que a Corrente do Brasil flui da costa do Nordeste para o Sul ao longo da margem continental brasileira. “Com isso, é bem provável que o óleo chegue ao norte fluminense, no entanto, é difícil precisar quando isso irá ocorrer”. Marina afirma ainda que a mudança na circulação dos ventos causada pela atuação de um ciclone na costa do Sudeste nos próximos dias pode afetar momentaneamente as correntes e processos marítimos na região, o que deve tornar o transporte das manchas de óleo mais difícil de prever.

Fonte: Climatempo