MB News

A emissão de gases causadores do efeito estufa precisa diminuir mais de 7% ao ano no período entre 2020 e 2030 para que o aumento na temperatura média global seja de apenas 1,5°C em relação aos níveis pré-industriais. Caso as emissões não sejam reduzidas nesse ritmo, o mundo caminha para um aumento de temperatura de 3,2ºC.

A conclusão do novo relatório lançado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) nesta terça-feira (26) é que os acordos atuais para a redução das emissões não são suficientes para evitar as mudanças climáticas. Para alcançar a meta de 1,5°C, os objetivos precisam ser cinco vezes mais ambiciosos na próxima década. Desse modo, o Pnuma afirma que, apesar da pressão, ainda é possível permanecer abaixo de 2ºC e até de 1,5ºC.

Fonte: G1