Jornal da Manhã

A prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo informou na tarde desta segunda-feira que recebeu uma nota da Vale comunicando a suspensão temporária na disposição de rejeitos na barragem Laranjeiras, advindos da mina de Brucutu. A estimativa é que a suspensão temporária perdure entre um e dois meses. A mineração confirmou a decisão de suspender a disposição enquanto “conduz avaliações sobre as caraterísticas geotécnicas da barragem.”

A Vale comunicou a prefeitura que “a barragem se encontra no nível 1 de emergência, em conformidade com o protocolo da Agência Nacional de Mineração (ANM), o que não requer evacuação da população”. Segundo a Vale, a barragem Laranjeiras teve sua Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) emitida em 30 de setembro de 2019, que permanece válida.

Fonte: Estado de Minas