Jornal da Manhã

Estimulando o turismo como fonte de desenvolvimento econômico, Paracatu dá um passo importante na estruturação e consolidação de uma oferta turística diferenciada e atrativa para moradores e visitantes. Será lançado no próximo dia 10 de dezembro, o projeto Trilhas do Patrimônio Histórico, um roteiro interpretativo e autoguiado do Núcleo Histórico da cidade.  O projeto, capitaneado pelo Sebrae Minas, em parceria com a Agência de Desenvolvimento Sustentável de Paracatu (Adesp) e com a Prefeitura Municipal, é um dos primeiros percursos autoguiados instalados em Minas Gerais.

O roteiro vai proporcionar uma experiência ao turista, no sentido de conhecer, interpretar e compreender o que significa o patrimônio histórico de Paracatu, por meio de placas, totens e QR codes, que serão instalados em praças, igrejas, casas e ruas do centro histórico. Com mais de três séculos de existência, Paracatu é a única cidade histórica do Noroeste de Minas Gerais e é considerada pelo Iphan, Patrimônio Histórico Nacional e Cultural Brasileiro.

“O objetivo da Trilha do Patrimônio é que as pessoas possam conhecer, valorizar e experienciar o núcleo histórico, criando um motivo para aumentar a permanência dos turistas na cidade e também incentivá-los a consumir os produtos e serviços locais disponíveis”, explica a consultora contratada pelo Sebrae, Luciana Thomé, responsável pelo estudo estratégico do turismo de Paracatu. Segundo ela, o projeto também visa provocar nos moradores locais um sentimento de pertencimento, se apropriando dos atrativos e da história da cidade.

Fonte: Prefácio