Brasil

Uma das preocupações recentes nas companhias brasileiras é a adequação às exigências da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD – nº 13.709), que entrará em vigor em agosto de 2020. Pode parecer bastante tempo, porém o processo de adequação é muito delicado e poderá demandar um período demorado para tratar com total segurança os dados dos clientes, tanto de empresas públicas quanto  privadas. 

Por isso, vários empresários têm corrido contra o tempo em busca de empresas que auxiliem na adequação ou realizem a segurança necessária para estar em compliance com a lei. Além disso, uma das principais preocupações dos empresários é a localização do Data Center que armazena os dados da empresa, já que uma das exigências da nova lei é o armazenamento dos dados em território nacional. Isso passou a ser um grande ponto de análise, já que os grandes players de armazenamento em nuvem são estrangeiros. Além disso, são alguns dos requisitos de adequação a LGPD: Operações de tratamento realizadas em território nacional; oferta de bens, serviços e tratamentos de dados em território nacional; coleta de dados pessoais em território nacional.

Fonte: Winov