Minas Gerais

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) confirmou a detecção de traços dos contaminantes dietilenoglicol e monoetilenoglicol. Nessa terça-feira, a cervejaria Backer havia informado que as substâncias químicas não foram encontradas nas amostras de água recolhidas no tanque localizado sede da empresa, situada no Bairro Olhos D’Água, Região Oeste de BH.

Em nota, o Mapa informou que a detecção ocorreu nas análises realizadas nas amostras de água residual do trocador de placas e do tanque de água fria. As amostras foram colhidas no dia 10 de janeiro deste ano pelo Serviço de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal/Mapa.(Estado de Minas)