MB News

O surto de coronavírus na China pode atingir seu pico em breve, disse um proeminente especialista chinês nesta terça-feira, ao passo que o número de mortos por causa da infecção passou de 1.000 e as preocupações cresceram sobre a real extensão do impacto sobre a segunda maior economia do mundo.

Empresas sofriam para retomar as atividades depois de um feriado prolongado do Ano Novo Lunar, enquanto centenas de companhias chinesas afirmavam que precisavam de empréstimos na casa dos bilhões de dólares para manterem suas operações. As demissões também começaram, apesar de garantias dadas pelo presidente da China, Xi Jinping, de que dispensas em massa serão evitadas. O principal conselheiro médico do país para o surto, Zhong Nanshan, mantinha a esperança de que a epidemia vai atingir seu pico em fevereiro e se estabilizar na sequência, para depois diminuir.

Fonte: Reuters