Brasil

Parlamentares de oposição e renomados sertanistas pediram nesta quinta-feira que o Congresso rejeite um projeto de lei do governo que libera atividade de mineração comercial em terras indígenas, alertando para o perigo de etnocídio contra povos isolados. Apoiados por Sydney Possuelo e Antenor Vaz, duas das maiores autoridades sobres povos isolados e de recente contato na Amazônia, três parlamentares de esquerda pediram ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que cumpra sua promessa de arquivar a proposta enviada pelo governo ao Congresso no início do mês.

Segundo eles, o governo do presidente Jair Bolsonaro está desmantelando as proteções do Estado construídas ao longo de décadas desde o Marechal Rondon e alegaram que a Fundação Nacional do Índio (Funai) foi transformada em uma ferramenta de interesses ruralistas e mineradores. “Não conheço na história republicana uma situação tão perigosa para os povos indígenas no Brasil. Este governo está desmontando tudo o que foi feito em 90 anos de proteção ao indígena”, afirmou Possuelo.

Fonte: Reuters