Manhã

O vírus que pegou o mundo de surpresa, que desafia a medicina e faz o homem remodelar relações sociais, familiares e profissionais, tem também movido uma forte rede de empatia e solidariedade. Pessoas que se unem para auxiliar famílias que não têm alimento em casa, entidades e órgãos que amparam vítimas da doença e, há aqueles que têm cuidado de quem cuida de vidas, que se doam e não podem ficar em casa.

Em Paracatu, noroeste de Minas, uma empresária do ramo de floricultura fez das encomendas que não serão comercializadas devido o fechamento do comércio. Uma forma de homenagear, agradecer e fortalecer o trabalho dos profissionais de saúde, que atuam na linha de frente de combate e prevenção ao Coronavírus. A empresária se uniu a músicos da cidade e foi até o Hospital Municipal, o Hospital particular de Paracatu e  demais unidades de saúde para  entregar flores aos médicos, técnicos e enfermeiros que estavam de plantão nesta sexta-feira (27). Uma prova de que há várias formas de ajudar, de participar desta luta. A homenagem se estendeu também aos heróis da segurança pública, militares do 45º Batalhão de Polícia Militar e do 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros com sede em Paracatu. Sim, flores em vida! Mais que isso: flores para quem cuida de vidas!

Foto: Douglas Fernandes

Reportagem: Lílian Derkiê