Saúde em Foco

O presidente Jair Bolsonaro, em entrevista na porta do Palácio da Alvorada, falou novamente sobre a suspensão da nomeação de Alexandre Ramagem para a Polícia Federal. Disse que a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) foi “política” e afirmou que a nomeação de Moraes por Michel Temer para o Supremo também foi por amizade com o ex-presidente.

Moraes suspendeu a nomeação de Ramagem para a PF por desvio de finalidade, por ser acusado de querer usar o cargo para coletar informações de processos. O delegado é amigo pessoal dos filhos do presidente, com quem priva da intimidade. Alexandre de Moraes foi Ministro da Justiça de Temer, entre outros cargos que desempenhou na vida pública, como secretário de segurança de Geraldo Alckimin, do PSDB, além de ser constitucionalista de renome, com vários livros publicados.

Fonte: G1