Mundo

A companhia farmacêutica AstraZeneca, que firmou um acordo para produzir e distribuir a vacina do novo coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford, prepara-se para iniciar a produção da vacina em escala entre o final de junho e o início de julho.

“Nosso plano é produzir globalmente a vacina entre o final deste mês e o início de julho, em escala. Se fizermos isso teremos 400 milhões de doses iniciais no final de setembro, começo de outubro”, disse o presidente da AstraZeneca do Brasil, Fraser Hall, em entrevista à EXAME.