As Crônicas de Terrazoo

NÃO BATA PALMAS PARA VOCÊ MESMO “Comer muito mel não é bom; assim,
procurar a própria honra não é honra” Provérbios 25 | 27 Fazer propaganda de si mesmo não é bom. Os fariseus faziam propaganda de suas virtudes e tocavam trombetas para anunciar seus feitos caridosos. Essa atitude foi reprovada por Jesus. 
A hipocrisia dos fariseus levou-os a bater palmas para si mesmos sempre que faziam alguma obra de caridade. Essa propaganda, porém, era falsa. Aqui, Salomão, usa outra metáfora. Diz que uma coisa boa e saudável pode tornar-se enjoativa e nociva à saúde, quando feita em excesso. Diz o sábio que comer muito mel não é bom; assim, procurar a própria honra não é honra. Quem bate palmas para si mesmo, destacando suas próprias… leia mais

As Crônicas de Terrazoo

O PORCO GORDUM JI, A GALINHA JAN NÁ JÁ E A RAPOSA FOXX KANN | Um dia, em TERRAZZO, terra onde existem muitos animais falantes e inteligentes, o porco Gordum JI estava com fome. A galinha Jan Ná Já, também. Então, a sagaz galinha propôs um acordo “inteligente” ao porco. –  Gordum Ji! – Pense! – Todos os dias nós poderíamos comer ovo com toucinho. — Disse ela. – Seria ótimo. – Respondeu o porco. – O que você acha? Propôs a sagaz galinha Jan Ná Já. – Acho uma ótima ideia. – Para começar vou te dar um pedaço do meu toucinho. Aquiesceu o porco Gordum Ji. E, assim, concordaram. E, assim, fizeram. Após algum tempo, Gordum Ji, teve um talomango e faleceu… No dia seguinte,… leia mais

As Crônicas de Terrazoo

No dia em que presenciei o martírio do grande Guaxinim Vermelho, em TERRAZZOO, por seus pares e “vizinhos” não encontrei um sábio sabiá para conversar. Senti saudades do meu amigo sabiá Chon Chin Chuan – Que falta faz uma sábio na hora dos tumultos da loucura. – Que falta faz o amigo sino-sabiá nessas horas. Pensei eu! Aí, mandei uma missiva em sabiés para o nobre ser turdus rufiventris perguntando sobre os últimos acontecimentos. Prezado SÁBIO SABIÁ – Escrevi Eu. Com muita vontade de obter resposta.      – Por GENTILEZA mande a sua visão sobre o Martírio do líder o Guaxinim Vermelho.

As Crônicas de Terrazoo

Dois seres especiais conversam sobre a inteligência e as asneiras na vida dos terrazzoos. BAJÔJÔ, o mais sagaz dos JÔJÔS, pergunta para BOBOJÁ, o mais sábio dos bobos?  – Por que é que o bobo é bobo e não é inteligente? BOBOJÁ responde. – Porque o bobo é acomodado, não pensa, não reflete, não pesquisa e, enfim, é devagar. Para o bobão. tudo ta bão até o ruim tá bão. Até quando ele é enganado tá bão. O bobo é um ser para quem tudo tá bão. Por isso ele é um bobão.   BAJÔJÔ questiona, de novo, para BOBOJÁ  – Por que que quem tem hora que o “muito” inteligente fica “muito” burro? BOBOJÁ respondeu. – Ora… Essa é fácil. A linha da inteligência está acima… leia mais

As Crônicas de Terrazoo

Mandei uma missiva sabiá para CHIN NUN JUM, o sábio sabiá, que responde as minhas indagações filosóficas sobre a vida. Perguntei em humanês para ele me responder em sabiês. – Perguntei. – Como pode uma menina de família matar os país e precipitar a família na absoluta destruição ? Me referia ao “caso” Suzane Von Richthofen. A menina que matou os pais para “ficar” com a herança. CHIN NUN JUM me mandou uma missiva em sabiês simples, direto e objetivo. – Conheço o caso e ocaso desta triste história. – É um dos mais tristes casos da história das famílias de classe econômica, não espiritual, média-alta no mundo dos homens sábios para a economia e cegos para a espiritualidade da vida. – Apenas lembre-se meu amigo… leia mais

As Crônicas de Terrazoo

A DESCOBERTA DOS BODENINOS
sobre homens, meninos e sabiás

TERRAZZOO é um lugar muito especial. Na verdade, TERRAZZOO é um mundo onde homens e animais se encontram para conversar sobre os grandes temas da vida. Nesse mundo encantado existem muitos personagens. O peregrino é um deles. Em TERRAZZOO além de peregrinos existem muitos sábios sabiás. Ontem, resolvi dar um passeio por TERRAZZOO. Andei apenas alguns minutos. E, de repente! Encontrei muitos pimpolhos saltitantes. E, para minha alegria, tive um outro encontro inusitado. Encontrei um velho amigo o sábio sabiá CHIN NUN JUN. – Olá amigo Sabiá. Disse eu em tom entusiástico. – Olá amigo peregrino Respondeu CHIN NUN JUN em tom efusivo. – Que fazes por estas plagas pequeno ser muito sábio? Perguntei em tom curioso. – Vim para uma reunião dos TERRAZZOOS. Respondeu.

As Crônicas de Terrazoo

AS CONVERSAS DO NINJA BAJOJO E BOBO JOJOBA | Em terrazzo, existe uma localizada muito bucólica formada por “bobos e ninjas” Neste mundo hilário, engraçado é sábio, BaJôJô é “ninja” e JôJôba é “bôbo”. Certo dia, os dois se encontraram para trocar um dente de proza. Eles filosofavam sobre os grandes problemas do Zhuu. – A vida tá muito ruim! Disse Jojobá!  Com palavras bem depressivas. – Então isso é muito bão! Respondeu Bajojo. Com voz de animação. – Não entendi! Contrapôs Jojobá. Bem enfurecido. – Se tá ruim… Vai ficar bão. Então se ta ruim ta bão. Porque o bão ta chegando. Concluiu Bajojo. Em tom filosofal a la CHI NUN JUM. Depois de algum tempo, ficou Jojobá bão. Como está escrito no Livro dos Grandes Sabiás… leia mais

As Crônicas de Terrazoo

OS SABIÁS DO PAPO GRANDE
E OS TICUS TICUS DA VIDA
E AS PESSOAS QUE JUNTAM LETRAS

TERRAZOO é um mundo encantado onde homens e animais se encontrar para conversar sobre a vida. Nesse mundo ilário existem muitos personagens interessantes. O peregrino é  um deles. Em TERRAZOO além de peregrinos muitos sábios sabiás existem os CHONUS. Em TERRAZOO, dentre as muitas espécies de sabiás do papo grande e pequeninos vivem TICUS-TICUS.Mas, lá, eu tenho um amigo sabiá que, em termos de amizade, e muito mais achegado do que os outros. Um dia, estava andando e, de repente, encontrei o meu amigo sabiá. –  Olá amigo sabiá. –  De onde vens e para onde vais? Perguntei ao encontrar o amigo Le Chin Nun Jum. Chin Nun Jum é um sabiá do mundo filosófico que anda pelo mundo pesquisando. Ele é um pesquisador. Ele… leia mais

As Crônicas de Terrazoo

OS SALMOS EM POESIA
Salmo Primeiro

FELIZ É O HOMEM que não anda segundo o conselho dos ímpios; FELIZ É O HOMEM que não se detém no caminho dos pecadores; FELIZ É O HOMEM que não se assenta na roda dos escarnecedores; FELIZ É O HOMEM que tem o seu prazer na lei do Senhor; FELIZ É O HOMEM que medita de dia e de noite na Sua Lei.

As Crônicas de Terrazoo

A GUERRA DOS BICUDOS E O TIRO DO TICO-TICO
(sobre bicos, gambás e tico-ticos)

Há muito tempo atrás, nas belas plagas de TERRAZZO. Houve uma guerra entre os bicudos.E, em guerras de bicudos. É bico para cá… É bico para lá… É bico contra bico… É biquinho…É bicão… É bico mole… É bico duro… O que não falta é bico.  É, muito interessante observar que, na guerra dos bicudos de terrazzo, o bico doce não apareceu!