Esporte
Esporte

O Corinthians acertou nesta segunda-feira o retorno de Emerson Sheik, de 39 anos, campeão da Taça Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012. A informação foi publicada pelo UOL e confirmada ao GloboEsporte.com por pessoas envolvidas na negociação. A ideia da contratação é para Sheik encerrar a carreira no Corinthians. O contrato é curto e tem duração até o fim de junho. O Timão confirmou o acerto, mas só vai se pronunciar depois que Sheik fizer exames médicos. (Fonte: G1)

Esporte

“O bom filho à casa torna”. Foram com estas palavras ditas pelo presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, que começou a apresentação do atacante Fred. O principal reforço da temporada logo mostrou estar com o mesmo discurso. Em suas primeiras palavras, o jogador de 34 anos, que volta ao clube pouco mais de 12 anos, vestirá a camisa 9 e disse que realiza um sonho em retornar à Toca da Raposa e de estar atuando pelo time do coração. Segundo Fred, em outros momentos da carreira e principalmente quando estava com a camisa do Fluminense, houve tentativas de retorno ao Cruzeiro, mas nunca nenhuma foi bem sucedida. Fred ainda comentou sobre a multa envolvendo sua rescisão com o Atlético, que chega aos R$ 10… leia mais

Esporte

Não foi na cerimônia de posse na presidência do Cruzeiro, no Cine Theatro Brasil, que Wagner Pires de Sá anunciou reforços. O sucessor de Gilvan de Pinho Tavares, aliás, preferiu não entrar em detalhes acerca do tema, para, segundo ele, “não inflacionar o mercado”. Houve, claro, menções a alguns nomes. Wagner confirmou, de maneira superficial, que o lateral-direito Edílson, do Grêmio, interessa ao clube. Também mostrou otimismo com a possibilidade de contratar o volante Bruno Silva, do Botafogo, e falou a respeito de Fernandão, atacante do Fenerbahçe. Outros assuntos, contudo, chamaram mais atenção. Como a entrevista do senador Zezé Perrella, novo presidente do Conselho Deliberativo. Na coletiva à imprensa, que durou cerca de 10 minutos, Perrella não poupou críticas à gestão financeira de Gilvan de Pinho… leia mais

Esporte

A CBF desistiu de levar a taça do Campeonato Brasileiro para Itaquera nesta quarta-feira, na partida entre Corinthians e Fluminense, pela 35ª rodada da competição. A entidade tinha confirmado que a festa caso o Timão fosse campeão estava armada, mas mudou de ideia por questões de segurança. No ano passado, a CBF levou a taça para a Arena do Palmeiras no duelo contra a Chapecoense com a condição de só mostrá-la caso o time fosse campeão. A ideia era fazer o mesmo com o Timão. Com a mudança, caso o Corinthians seja campeão nesta quarta-feira, a taça deverá ser entregue só na 37ª rodada, na partida contra o Atlético-MG, dia 26, em Itaquera. (Fonte: G1)

Esporte

Doze horas depois de vencer o Fluminense por 3 a 1, no Mineirão, os jogadores do Cruzeiro voltaram aos treinamentos na Toca da Raposa. Na quarta-feira, também em casa, um novo jogo: agora contra o Avaí, às 19h (de Brasília), pela 35ª rodada. O técnico Mano Menezes terá de fazer mudanças na equipe e começou a pensar como será a formação nesta segunda-feira. Na defesa, Mano deve fazer duas mudanças: Rafael Galhardo vai ganhar uma chance na lateral direita na vaga de Ezequiel. Com Murilo suspenso, Léo (recuperado de dores na panturrilha e fora dos jogos há um mês) briga pela posição com Digão para fazer dupla com Manoel. (Fonte: G1)

Esporte

O meia Cazares e os zagueiros Gabriel e Felipe Santana estão fora do jogo de quarta-feira contra o Vasco. Os três foram avaliados nesta segunda-feira e não foram liberados pelos médicos – seguem fazendo trabalho de fisioterapia. Além deles, o técnico Oswaldo de Oliveira não poderá contar, também com o atacante Luan e o zagueiro Matheus Mancini, que receberam o terceiro cartão amarelo no empate em 2 a 2 com o Bahia. (Fonte: G1)

Esporte

O julgamento do ex-presidente da CBF José Maria Marin será retomado nesta segunda-feira, a partir das 13h30 (de Brasília) no Tribunal Federal do Brooklyn, em Nova York. A semana passada foi toda dedica a formação do júri. Não houve sessão na sexta-feira, por ser feriado nos Estados Unidos. O julgamento deve durar até o final de dezembro. Nesta segunda-feira, estão programadas as “argumentações iniciais” dos promotores e dos advogados de defesa dos três réus – além de Marin, estão sendo julgados o ex-presidente da Conmebol Juan Angel Napout e o ex-presidente da Federação Peruana de Futebol, Manuel Burga. Os três afirmam ser inocentes. Marin é acusado de sete crimes: três de fraude, três de lavagem de dinheiro e um por formar uma organização criminosa. A… leia mais