Política

ELEIÇÕES 2018 | TREND DE NOTÍCIASA MÍDIA DIGITAL E O FUTURO PRESIDENTE DO BRASIL

OS POSSÍVEIS PRESIDENCIÁVEIS. DESSES, UM PODERÁ SER O PRÓXIMO PRESIDENTE DO BRASIL. O trend de notícias da mídia digital nos últimos 7 dias revela o seguinte: No total foram produzidas 44.695 citações de nomes de possíveis presidenciáveis na mídia digital brasileira. E, nesses artigos, seis nomes se destacaram quando o assunto e a eleição presidencial de 2018. São eles: Luis Inácio Lula da Silva, João Dória, Jair Bolsonaro, Marina Silva, Henrique Meirelles, e Geraldo Alckmim. Veja os detalhes a seguir.

(1) – O ex- presidente Luiz Inácio da Silva Lula (PT) foi citado 12.200 vezes (28,31%)  NA publicação anterior Lula tinha (27,78%). Lula oscilou positivamente. A muitos meses, Lula é o presidenciável mais citado na mídia. Lula declarou abertamente que é candidato.

(2) – O Prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB) foi citado 8.490 vezes (28,56%).  Na publicação anterior Dória tinha (29,82%). Dória oscilou negativamente. João Dória declarou abertamente que quer ser candidato. O PSDB pode não lhe dar a vaga preferindo o Governador Geral Alckmim.

(3) – O Deputado Jair Bolsonaro (PATRIOTA) foi citado em 6.330 vezes (18,56%). Na Publicação anterior ele tinha sido citado (12,08%). O Deputado Jair Bolsonaro cresceu na quantidade de citações da mídia digital. Jair Bolsonaro já declarou abertamente que que ser candidato e o Patriota já lhe garantiu a vaga.

(4) – A ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (REDE) foi citada em 4.480 vezes (10,02) na publicação anterior a Senadora Marina Silva tinha (7.91%) de citação na publicações. Marina oscilou positivamente. Marina Silva declarou abertamente que é candidata e o partido fundado por ela não vai lhe negar a vaga.

(5) – O Ministro da Fazenda Henrique Meireles (PSD) foi citado 4.910 vezes. No levantamento anterior ele tinha (6.94%). O ministro Henrique Meirelles oscilou positivamente na mídia digital jornalística e se firma entre os cinco presidenciáveis mais citados na mídia digital. Meirelles disse que está focado no trabalho de recuperar a economia, ainda não declarou que será candidato mas já se movimenta nessa direção.

(6) – O Governador de São Paulo, Geral Alckmin foi citado 2.660 vezes (5,95%). No levantamento anterior ele tinha (6.83%) das citações. O Governador Geraldo Alckmin oscilou negativamente. Geraldo Alckmim que ser candidato, já declarou que quer, mas depende do partido que ele controla. Possivelmente, ele será o candidato do PSDB tirando Dória da corrida presidencial.

 

Além desses nomes, os nomes do Senador Álvaro Dias  é citado em 4,47% das publicações. O ex-ministro Joaquim Barbosa 3,94%. O ex-prefeito de São Paulo Paulo Haddad 0,70% e o apresentador global Luciano Huck 3,47% aparecem na mídia. Exceto Alvaro Dias, ou outros aparecem de forma inconsistente e oscilam muito. 

Enfim, o jogo está sendo jogado. Estamos na preliminares, E, alguns nomes já estão postos, dentre esses, possivelmente sairá o futuro presidente de Brasil.

.

Política

CATASTROFESTERREMOTO NA COREIA DO NORTE PODE TER SIDO CAUSADO POR TESTE NUCLEAR

Um tremor pouco profundo de magnitude 3,5 foi registrado neste sábado na Coreia do Norte, o que levanta preocupações sobre um novo teste nuclear de Pyongyang, mas que, segundo os especialistas, seria uma possível réplica sísmica do tremor causado pelo teste nuclear de 3 de setembro. O terremoto foi classificado de explosão suspeita por especialistas chineses e de terremoto natural por Seul, mas segundo a Organização do Tratado da Proibição Completa dos Testes Nucleares (OTPCE), um organismo encarregado de detectar testes no mundo, o tremor parece ter sido uma réplica do teste de 3 de setembro (Fonte.:em.com).

Política

RACIONAMENTO DAS ÁGUASBAHIA TEM 40 CIDADES EM REGIME DE RACIONAMENTO DE ÁGUA; NÚMERO É 10 VEZES MAIOR QUE O REGISTRADO HÁ SETE MESES

Quarenta cidades da Bahia estão em regime de racionamento de água, por conta da estiagem que atinge algumas regiões do estado. O número é dez vezes maior do que o registrado em fevereiro deste ano, quando apenas quatro cidades estavam com o abastecimento controlado. As informações foram passadas ao G1 pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), nesta quinta-feira (21) (G1).

Política

CARTÃO REFORMACIDADES ATINGIDAS POR ENCHENTES EM PERNAMBUCO TERÃO PRIORIDADE PARA RECEBER ‘CARTÃO REFORMA’

Dos municípios pernambucanos atingidos pelas chuvas e enchentes em maio deste ano, 19 vão ser os primeiros beneficiados pelo programa federal Cartão Reforma. O benefício destina recursos para que famílias de baixa renda possam comprar materiais para reformar suas casas e contratar pedreiros. A portaria que regulamenta o programa foi assinada nesta quarta-feira (20), pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo. Segundo o ministério, as áreas afetadas pelas chuvas terão prioridade no recebimento do cartão do programa, que visa auxiliar famílias com renda mensal de até R$ 2.811. Ao todo, vão ser disponibilizados R$ 25 milhões pelo governo federal dentro do projeto. Além dos municípios atingidos em Pernambuco, essas cidades estão localizadas nos estados de Alagoas, Rio Grande do Sul e Santa Catarina (G1).

Política

BRASIL SÓ APOIA SANÇÕES CONTRA COREIA DO NORTE SE DECIDIDAS PELA ONU, DIZ CHANCELER BRASILEIRO.

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, afirmou em Xiamen, na China, que o Brasil só “apoia ou aceita” sanções contra a Coreia do Norte se decididas pelo Conselho de Segurança (CS) da ONU.

“O nosso fluxo comercial com a Coreia do Norte é muito pequeno e eu repito: sanções comerciais ou sanções de qualquer natureza só apoiaremos e aceitamos aquelas que são decididas no Conselho de Segurança”, disse ele a jornalistas no hotel onde o presidente Michel Temer está hospedado.

“Acho que o que é importante para resolver esse ponto de tensão é o diálogo direto entre as partes. Qualquer outro tipo de atitude agressiva de uma parte ou de outra, de um lado ou de outro, só pode prejudicar a situação ainda mais”, acrescentou (Fonte.: BBC Brasil).

 

Política

CANDIDATO DO PSDB Á PRESIDÊNCIA DEVE SER AQUELE QUE O POVO DESEJAR, DIZ DORIA EM PARIS.

Cotado como pré-candidato à Presidência da República, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta sexta-feira em Paris que “o povo” é quem definirá qual será a melhor candidatura e declarou, em entrevista exclusiva à BBC Brasil, que não descarta a possibilidade de disputar outro cargo político.

Para Doria, as pesquisas de opinião são uma forma de atestar a preferência da população – o prefeito vem tendo melhor desempenho nas pesquisas eleitorais para 2018 do que seu padrinho político, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, também do PSDB. O prefeito fez uma palestra em Paris no “Positive Global Forum”, que discutiu iniciativas em áreas como educação, saúde e meio ambiente (Fonte.: BBC Brasil).

Política

POLÍTICA| ” É DE UMA SINGELEZA IMPAR” DIZ TEMER NA CHINA SOBRE DECRETO QUE EXTINGUE RESERVA DE MINERAÇÃO NA AMAZÔNIA.

Na China, onde está em visita oficial, o presidente Michel Temer minimizou a polêmica em torno da extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca) um dia depois de o ministro do STF Gilmar Mendes dar dez dias ao governo para explicar a decisão.

“É uma questão jurídica. Vamos nos pronunciar sobre isso. Vocês sabem que lá havia uma exploração clandestina ilegal do minério. Vocês verificaram pelo decreto que foi expedido que há preservação absoluta de toda e qualquer área ambiental e de área indígena”, afirmou Temer a jornalistas.

“O que há é uma regularização da exploração que se faz naquela região. Nada mais do que isso. É de uma singeleza ímpar”, acrescentou (Fonte.: BBC Brasil).

Política

CARAVANA DE LULANA PARAÍBA, LULA JURA INOCÊNCIA E PROMETE REVER DECISÕES DE TEMER SE FOR ELEITO

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prometeu rever as decisões do presidente Michel Temer (PMDB), caso volte ao poder no ano que vem. As declarações foram feitas após o recebimento do Título de Cidadão Pessoense, no Ponto de Cem Réis, em João Pessoa. A capital paraibana é a primeira no périplo do petista pela Paraíba. Ele estará em Campina Grande neste domingo (26). O discurso foi acompanhado de perto pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), o principal aliado do ex-presidente na Paraíba. Lula também se disse inocente e desafiou os integrantes da operação Lava Jato a mostrarem dinheiro recebido ilegalmente por ele. As referências ao desejo de rever as decisões do presidente Michel Temer foram feitas enquanto o petista falava do “incômodo” da elite brasileira com a projeção recente das pessoas mais humildes. Seguindo o antigo roteiro argumentativo, Lula falou sobre o pobres viajando de avião e frequentando universidades. Criticou, com mais veemência, a política de privatizações do governo federal. Falou da pressa para as privatizações, ressaltando que elas estão correndo à toque de caixa (Fonte.:jornaldaparaíba).

Política

JAPÃO ACABOU COM DISTRITÃO PORQUE ERA CARO E “ESTIMULOU CORRUPÇÃO.

Uma das mudanças mais polêmicas no texto da reforma política aprovada pela comissão da Câmara dos Deputados – e que começa a ser votada no plenário nesta terça-feira – é a mudança do sistema eleitoral para o “distritão”, um modelo que funcionou no Japão do pós-guerra até o começo dos anos 1990, mas foi extinto por causa do aumento dos gastos e pela inviabilização do debate político. Caso a proposta passe no Congresso, serão eleitos apenas os deputados e vereadores com maior votação, daí o sistema ser considerado majoritário. Hoje, no chamado sistema proporcional, valem os votos recebidos pelo conjunto dos candidatos do partido e também pela legenda. “Esse sistema (distritão) exige um maior investimento financeiro e é preciso ficar de olho, pois pode aumentar as chances de corrupção”, afirmou à BBC Brasil Tokuou Konishi, professor e pesquisador do Departamento de Ciências Políticas e Econômicas da Universidade Meiji em Tóquio, especializado em história e atualidade política do Japão (Fonte.: BBC Brasil).

Política

SEGURANÇA EM PERNAMBUCOARMANDO VÊ DESCONTROLE NA ÁREA DE SEGURANÇA EM PERNAMBUCO

O senador Armando Monteiro Neto (PTB) ocupou a tribuna do Senado para criticar a gestão da segurança em Pernambuco, que ele classifica de “absoluto descontrole”. Ao citar aumento no número de casos de homicídios em Pernambuco, que em julho chegou a 477, o petebista diz ver omissão da administração estadual na área. “A permanecer nesse diapasão, Pernambuco alcançará uma marca superior a 60 mortes por cada grupo de 100 mil habitantes, elevadíssima, mais do que o dobro da média nacional, em torno de 26 homicídios”, assinalou Armando. O senador acrescentou que a ONU considera violência acima do normal a marca de 10 assassinatos por 100 mil habitantes. Recebendo apartes dos senadores petistas Lindbergh Farias (RJ) e Jorge Viana (AC), que concordaram ser grave o quadro da violência em Pernambuco, o senador petebista citou que, no primeiro semestre, o estado foi responsável por 54% do aumento das mortes violentas ocorridas em todo o País comparativamente a igual período de 2016. “É um dado alarmante”, completou, enfatizando que, em paralelo, foram registrados, de janeiro a julho, mais de 73 mil casos de roubo, o que significa, em média, 346 roubos por dia. Armando Monteiro destacou não querer, com seu discurso em plenário, “partidarizar” a questão da segurança pública em Pernambuco. “Tanto é assim que quero fazer uma homenagem ao ex-governador Eduardo Campos, que à época em que era governador assumiu o problema, idealizou o Pacto pela Vida e obteve resultados expressivos”, disse (Fonte.:folhape).

Política

CARAVANA DE LULALULA CHEGA AO PONTO ALTO DA CARAVANA PELO NORDESTE

Lula chega a Pernambuco nesta quinta-feira, seu estado natal e reduto eleitoral do PT. O ex-presidente segue sua caravana pelo Nordeste, que começou na quinta passada pela Bahia e já subiu por Sergipe e Alagoas, onde dividiu palanque e elogios com o senador peemedebista Renan Calheiros — uma mostra clara de que seu modo de fazer política segue o mesmo. O apelo populista também se mantém.  Em Pernambuco, a agenda será cheia de momentos pensados para ressaltar seu apelo popular (EXAME).

Política

POLÍTICAEM MEIO Á LAVA JATO, TROCAS DE OFENSAS ENTRE JEAN WYLLYS E FAMÍLIA BOLSONARO DOMINAM CONSELHO DE ÉTICA.

Em meio à escalada das acusações de corrupção da operação Lava Jato, que lança suspeitas sobre mais de 50 deputados federais, o Conselho de Ética da Câmara – responsável por avaliar a conduta dos representantes populares – tem passado ao largo das investigações nos últimos três anos. Na atual legislatura, o órgão foi monopolizado por picuinhas e ofensas que envolvem, principalmente, dois sobrenomes: Bolsonaro e Wyllys. Seis dos 14 processos que tramitaram no Conselho de Ética têm como acusados Jean Wyllys, Eduardo Bolsonaro e Jair Bolsonaro. Ao mesmo tempo em que lidera como deputado sobre o qual recaiu o maior número de acusações, Wyllys foi vítima em três processos – dois em que o acusado era Eduardo Bolsonaro e uma, o Delegado Éder Mauro. Ofensas e agressões entre adversários políticos correspondem à maioria das representações apresentadas no Conselho de Ética: oito entre 14 processos. Duas envolvem a edição de vídeos onde foi constatada a manipulação de falas de Wyllys; outras duas dizem respeito a acusações de corrupção; por fim, mais duas referem-se a supostos discursos de intolerância (Fonte.: BBC Brasil).