Política

IMAGEM DO DIA | Uma foto histórica para o mundo. Após quase 70 anos de conflitos belicosos as duas Coreias se encontram para conversar sobre a paz. (Imagem BBC). A imagem do líder Norte Coreano cruzando a fronteira entre as duas coreias foi destaque nos principais jornais do mundo. ( Leia o mbnews.tv.br agora com notícias do mundo em espanhol e inglês ). 

Política

O empresário Flávio Rocha, executivo das Lojas Riachuelo, se filiou ao PRB para disputar a Presidência da República. Ele é vice-presidente e diretor de Relações com Investidores da empresa Guararapes, que é dona da Riachuelo e encabeça um movimento chamado “Brasil 200”, que propõe uma agenda liberal na economia e conservadora nos costumes. Rocha exerceu duas vezes o mandato de deputado federal pelo Rio Grande do Norte, eleito em 1986 e em 1990. “Endossamos, por unanimidade, a indicação de Flavio Rocha para pré-candidato à Presidência da República. Já vou antecipar antes que venha a pergunta: É para valer? É para valer. É para ser vice? Não, é para ser candidato a presidente da República”, afirmou na Câmara, durante o ato de lançamento da pré-candidatura o presidente nacional do PRB,… leia mais

Política

Fernando Collor de Mello está no segundo mandato consecutivo como senador por Alagoas. Ele se elegeu em 2006 e se reelegeu em 2014. Em 1989, foi o primeiro presidente da República eleito pelo voto direto após a ditadura militar. Permaneceu no cargo até 1992, quando sofreu um processo de impeachment. Antes, Collor tinha sido prefeito de Maceió (1979-1982), deputado federal (1982-1986) e governador de Alagoas (1987-1989). O ex-presidente anunciou a pré-candidatura em 19 de janeiro deste ano em discurso em Arapiraca (AL) (Fonte.: G1).

Política

José Maria Eymael disputou quatro vezes a Presidência da República (1998, 2006, 2010 e 2014, derrotado em todas). Deputado federal constituinte, Eymael exerceu dois mandatos na Câmara dos Deputados (entre 1987 e 1995). Em 2012, disputou a Prefeitura de São Paulo, ficando em 11º lugar, com 5,3 mil votos. Eymael está no PSDC desde 1962 (à época PDC). Ficou conhecido pelo jingle “Ey, Ey, Eymael, um democrata cristão”, lançado em 1985, quando se candidatou a prefeito de São Paulo pela primeira vez. É o atual presidente do PSDC. Sua pré-candidatura à Presidência foi anunciada no dia 15 de março no Acre (Fonte.: G1).

Política

Cristovam Buarque é ex-governador do Distrito Federal (1995 a 1999) e ex-ministro da Educação (2003-2004, no primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva). Exerce o segundo mandato de senador. É formado em engenharia mecânica, tem mestrado em ciências econômicas e doutorado em economia e desenvolvimento. Também já foi reitor da Universidade de Brasília (UnB), entre 1985 e 1989. Antes de entrar no PPS, foi filiado ao PT e ao PDT (Fonte.: G1).

Política

Atual vice-presidente do PDT, Ciro Gomes foi ministro da Fazenda entre setembro de 1994 e janeiro de 1995, período do final do governo de Itamar Franco e início do governo Fernando Henrique Cardoso. Foi também ministro da Integração Nacional, entre janeiro de 2003 e março de 2006, no primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva. Disputou a Presidência duas vezes (1998 e 2002, derrotado em ambas). Foi governador do Ceará, prefeito de Fortaleza e deputado estadual e federal pelo Ceará. Já se filiou a sete partidos (PDS, PMDB, PSDB, PPS, PSB, PROS e PDT) (Fonte.: G1).

Política

Alvaro Dias (Podemos-PR) cumpre o quarto mandato de senador (três consecutivos desde 1999 e um de 1983 a 1987). Entre 1987 e 1991, foi governador do Paraná. Começou a carreira política no PMDB. Depois passou por PST e PP, até se filiar ao PSDB, em 1994. Em 2001, foi expulso por agir contra orientações do partido, mas retornou em 2003 e voltou a sair em janeiro de 2016, para entrar no PV. No ano seguinte foi para o Podemos, antigo PTN, partido pelo qual anunciou a pré-candidatura à Presidência da República em novembro, durante evento no Rio de Janeiro (Fonte.: G1).

Política

Pré-candidato à Presidência pelo PSDB depois de ser o único a se candidatar para disputar as prévias do partido. Médico de formação, Geraldo Alckmin começou a carreira pública em Pindamonhangaba, onde se elegeu vereador em 1973. Depois, foi prefeito da cidade e Deputado Estadual e Deputado Federal por São Paulo. Em 1986, se elegeu Deputado Constituinte Federal. Em 1988, deixou o PMDB, partido que integrava até então, para fundar o PSDB. Em 2001, assumiu o governo de São Paulo após a morte do então governador Mário Covas. Se reelegeu em 2002. Em 2006, Alckmin disputou a Presidência e perdeu para o então presidente Lula. Em 2010, elegeu-se novamente governador de São Paulo, foi reeleito em 2014. Em dezembro de 2017, foi eleito presidente nacional do PSDB e anunciou a pré-candidatura para o… leia mais

Política

Henrique Meirelles (MDB) fez carreira como executivo da área financeira, com atuação internacional. Foi presidente do Bank of Boston no Brasil entre 1984 e 1996, quando foi escolhido para presidente mundial da companhia. Em 2002, se elegeu deputado federal pelo PSDB de Goiás. Em 2003, assumiu a presidência do Banco Central, escolhido pelo então recém-eleito presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Comandou o BC até 2010, quando terminou o governo Lula. Voltou a integrar o governo em 2016, dessa vez como ministro da Fazenda, convidado Temer. Meirelles tem participado frequentemente de eventos em igrejas evangélicas, entidades empresariais e associações diversas.

Política

Criação do Programa Bueiro Inteligente é aprovado em Paracatu.  De autoria da vereadora Marli Ribeiro (PSDB) foi aprovado o Projeto de lei que dispõe sobre a implantação do programa “Bueiro Inteligente” na cidade de Paracatu/MG. O entupimento dos bueiros e bocas de lobo é um grande problema. Como uma forma de tentar mudar isso, algumas cidades brasileiras já adotaram esse sistema, que é uma excelente alternativa para todos os resíduos de lixos que são levados pelas águas das chuvas aos bueiros. O bueiro inteligente consiste em um cesto coletor com alças laterais, produzido em metal ou material termoplástico em diversas medidas, especificamente, para cada modelo existente na rede pluvial, a fim de facilitar o trabalho de limpeza, remoção e manutenção. “A prevenção é sempre o… leia mais

Política

A diretora-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Magda Chambriard, chamou de “inimaginável” as recentes descobertas no campo de Libra, que mostram um volume “in situ” (volume de óleo ou gás existente em uma região) esperado de 26 bilhões a 42 bilhões de barris. “Com os dados que temos, até o momento, o volume está mais para 42 bilhões“, afirmou Magda. ( 42 BILHÕES DE BARRIS DE PETRÓLEO É O POTENCIAL ESTIMADO, ATÉ AGORA, DO CAMPO DE LIBRA ). Temos, portanto, um potencial econômico de U$ 2.348.740.000.000 (Dois quatrilhões, trezentos e quarenta e oito bilhões e setecentos e quatro milhões de dólares) com o preço do petróleo a U$ 54,97 dólares por barril. Não é a toa que a petrolífera Total (Francesa) e a Shell (Anglo-Holandesa)… leia mais

Política

No encontro, realizado em Brasília, governador agradeceu empenho dos parlamentares na aprovação da Cfem e pediu “atenção” para novas votações em pauta na Câmara e no Senado  O governador Fernando Pimentel se reuniu nesta quarta-feira (29/11) com deputados federais mineiros, em Brasília, para tratar de questões referentes à Lei Kandir e outros projetos de interesse do Estado, como as novas alíquotas da Compensação Financeira pela Exploração dos Recursos Minerais (Cfem) – os royalties que as empresas pagam ao estado e municípios pela exploração de minério – e a securitização da dívida ativa. Pimentel agradeceu à bancada pelos esforços pela aprovação da Medida Provisória 789 (MP 789) que alterou as alíquotas da Cfem. A mudança, que elevou as alíquotas de 2% sobre o faturamento líquido das… leia mais

Política

Em 1984, quando era Primeiro Vice-Presidente do BankBoston no Brasil, Henrique Meirelles foi convidado a participar de um curso na Harvard Business School que ensinava executivos a lidar com a economia de guerra. Em tempos de paz, o curso intensivo de quatro meses, criado durante a Segunda Guerra Mundial, é voltado especificamente para a gestão de crise. Mal sabia a direção do BankBoston que, com base, em parte, no conhecimento que adquiriu em Harvard, Meirelles ajudaria o Brasil a vencer duas graves crises econômicas. A primeira em 2008, quando era presidente do Banco Central e superou a repercussão mundial da insolvência do mercado de prime rate dos EUA. E a segunda, este ano, quando, à frente do Ministério da Fazenda, usou toda sua experiência para tirar a… leia mais

Política

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, anunciou nesta sexta feira (1°) mudanças no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. O Caged receberá novos campos de preenchimento. Resultado da entrada em vigor da nova legislação trabalhista, o empregador agora terá que fornecer informações relacionadas ao trabalho intermitente, parcial, teletrabalho e desligamento por acordo entre empregado e empregador.

Política

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais informou as datas do mês de dezembro para o pagamento dos salários do funcionalismo público do Executivo Estadual: – 1ª parcela:   14/12 (quinta-feira); – 2ª parcela:   22/12 (sexta-feira); – 3ª parcela:   28/12 (quinta-feira).