Saúde em Foco

As estatísticas mostram que a codependência é um problema com ordem de grandeza de muitas casas decimais. Considerando uma população de pelo menos 304 mil pessoas abusadoras ou dependentes de álcool em Belo Horizonte, segundo a pesquisa Conhecer e Cuidar, feita pelo Centro Regional de Referência (CRR) em Drogas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), os codependentes ultrapassam os 600 mil, apenas na capital mineira.
Considerando os dados do 3° Levantamento Nacional sobre o Uso de Drogas pela População Brasileira, divulgado recentemente pela Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), pode-se inferir que a escala da codependência alcança dimensões tão gigantescas quanto o próprio território nacional. Segundo o levantamento, mais da metade dos brasileiros entre 12 e 65 anos declara ter consumido bebida alcoólica alguma vez na vida. Cerca de 46 milhões (30,1%) informaram ter consumido pelo menos uma dose nos 30 dias anteriores à pesquisa e aproximadamente 2,3 milhões de pessoas (1,5% desse grupo etário) apresentaram critérios para dependência de álcool nos 12 meses que antecederam a pesquisa. Para complicar, a substância aparece associada a outras, como o cigarro, drogas ilícitas ou medicamentos sem prescrição, em todas independentemente do nível de instrução de quem a consome.
(Fonte: Uai)

Saúde em Foco

Saúde em Foco

A doença é silenciosa, altamente contagiosa e pode trazer danos graves à saúde. Transmitida durante uma relação sexual sem preservativos, até mesmo no sexo oral e nas preliminares, a sífilis vem se alastrando rapidamente por Minas Gerais e na capital mineira, afetando até bebês, que já nascem com a doença, transmitida pela placenta.

De janeiro a agosto, foram registrados 8.235 casos de sífilis adquirida (confira quadro) no estado, o que equivale a uma média de 1.029,37 por mês, nada menos que 34,31 por dia.

(mais…)

Saúde em Foco

Saúde em Foco

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa hoje (7) em todos os postos de saúde do país. Dois grupos de pessoas estão no alvo da nova campanha. O primeiro grupo é formado por crianças de seis meses até menores de 5 anos, cuja a vacinação vai desta segunda-feira até 25 de outubro, com o Dia D no dia 19.

O segundo grupo, com faixa etária de 20 a 29 anos e que não estão com a caderneta de imunização em dia, a vacinação está prevista para iniciar no dia 18 de novembro. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 2,6 milhões de crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões adultos. Para isso, a pasta garantiu a maior compra de vacinas contra o sarampo dos últimos 10 anos. Ao todo, 60,2 milhões de doses da tríplice viral foram adquiridas para garantir o combate à doença nos municípios.

(Fonte: Agência Brasil)

Saúde em Foco

A pesquisa dos três envolve entender como as células detectam e se adaptam à disponibilidade de oxigênio; aplicações dessas descobertas já estão sendo feitas em tratamentos contra anemia e podem levar a estratégias para tratar algumas formas de câncer.

Os americanos William Kaelin e Gregg Semenza e o britânico Sir Peter Ratcliffe são os ganhadores do Prêmio Nobel 2019 de Medicina. A pesquisa dos três envolve entender como as células detectam e se adaptam à disponibilidade de oxigênio. Aplicações derivadas dessas descobertas já estão sendo feitas em tratamentos contra anemia, segundo o comitê do Nobel, e podem levar a estratégias para tratar algumas formas de câncer.

(Fonte: G1)

 

Saúde em Foco

Pacientes oncológicos, portadores de HIV e transplantados terão acesso no sistema público de saúde a vacina que previne contra doenças pneumocócicas (como pneumonia, meningite e septicemia) causadas pelos 13 sorotipos de pneumococo mais prevalentes em todo o mundo.

A distribuição da Pneumocócica conjugada 13 valente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) começa a ser feita neste mês aos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (Crie) do país. Em Belo Horizonte, a Secretaria Municipal de Saúde faz levantamento da quantidade de doses que serão necessárias.

(Fonte: UAI)

Saúde em Foco

dengue já matou 137 pessoas neste ano em Minas Gerais, segundo balanço da Secretaria de Estado de Saúde divulgado nessa terça-feira. De janeiro a 30 de setembro, foram 479.082 casos prováveis da doença. Desde julho, os registros da doença vêm apresentando queda. Naquele mês foram 6.749 notificações de casos prováveis em Minas. Em setembro, foram 1.198.

As mortes deste ano ocorreram em 42 municípios. Belo Horizonte e Betim lideram os óbitos, com 26 e 18, respectivamente. Ainda segundo a Secretaria de Estado de Saúde, Minas Gerais registrou 2.727 casos prováveis de chikungunya. Um óbito foi confirmado em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Já os casos de zika são 769. Apesar da mudança da estação, o estado continua em alerta para as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.
(Fonte: Secretaria Estadual de Saúde)

Saúde em Foco

Saúde em Foco

Instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Internacional do Idoso (hoje, 1º de outubro) é uma oportunidade para que as pessoas lembrem que a idade chega para todos, e que, com ela, novas dificuldades surgirão. Especialistas consultados pela Agência Brasil, no entanto, garantem: é possível envelhecer com qualidade de vida.

Segundo o médico geriatra e diretor científico da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) Renato Bandeira de Mello, qualidade de vida é algo subjetivo: depende da percepção do indivíduo sobre o que é felicidade.

(Fonte: Agência Brasil)

Saúde em Foco

Se você está pensando em fazer uma rinoplastia , mas está na dúvida a respeito do preço do procedimento, algumas respostas podem estar aqui. Somando todos os gastos, o procedimento dificilmente sairá por menos de R$9.000 . Mas esse valor pode aumentar muito de acordo com vários fatores, como a situação do paciente e o grau de especialização do médico escolhido. “Não existe muito um limite de preço, tem casos que são muito simples e casos que são muito complexos”, afirma Alan Landecker, médico cirurgião especialista em rinoplastia.

Saúde em Foco

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou, nesta quinta-feira (19), que subiu para 26 o número de casos confirmados de sarampo em 2019. Desde o início de 2019 foram notificados 738 casos suspeitos de sarampo provenientes de 148 municípios mineiros. Desses, 205 foram descartados e 507 estão em investigação.

Dos 26 casos confirmados no ano, quatro aconteceram no primeiro trimestre de 2019, em Belo Horizonte, Contagem e Betim. Até esta quinta-feira, suspeitas de sarampo haviam fechado temporariamente mais de 30 unidades da rede pública de saúde em Belo Horizonte.

Saúde em Foco

Saúde em Foco

A erradicação global da malária, uma das doenças mais antigas e mortais do mundo, pode ser alcançada até 2050, mostra novo estudo publicado hoje (9) pela comissão para a malária da revista científica The Lancet.

“Um futuro livre de malária pode ser alcançado tão cedo como em 2050”, diz o estudo, de autoria de 41 dos principais especialistas mundiais em malária, ciências biomédicas, economia e políticas de saúde. (Agência Brasil)

 

Saúde em Foco

A partir desta sexta-feira (6), 51 planos de saúde de dez operadoras estão com sua comercialização suspensa por determinação da Agência Nacional de Saúde (ANS), em função de reclamações feitas pelos clientes, durante o segundo trimestre. De acordo com a ANS, a medida é resultado do Programa de Monitoramento de Garantia de Atendimento, que monitora a qualidade do serviço prestado pelo setor e atua na proteção dos beneficiários.

Somados, os 51 planos atendem a 278,6 mil beneficiários, que terão mantida a garantia à assistência regular. (Agência Brasil)

Saúde em Foco

O medo do sarampo extrapolou as unidades de atendimento médico e entrou nas salas de aula, diante de um quadro que ameaça fazer a saúde pública em Minas retroceder duas décadas no enfrentamento do vírus. Depois de interdições que vêm se tornando rotina no Sistema Único de Saúde (SUS), diante da entrada de casos suspeitos da doença, agora os fechamentos começam a alterar o cotidiano de crianças, pais e funcionários de escolas.

Ontem, a Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) do Bairro Mantiqueira, na Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, teve as atividades suspensas, assim como o Hospital do Ipsemg, duas unidades de pronto-atendimento (UPAs) e quatro postos de saúde. Em 14 dias, o protocolo para bloqueio da virose – com fechamento temporário e desinfecção de locais pelos quais transitem pacientes com sintomas – foi adotado 33 vezes na capital mineira. A vacinação continua disponível, gratuitamente, para a população.

( Fonte:Estado de Minas )

Saúde em Foco

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (4) que os casos de sarampo no país totalizam 2.753 desde junho, quando um novo surto da doença teve início. Os estados de São Paulo e Pernambuco, juntos, registraram 4 mortes.

Foram três mortes no estado de São Paulo, sendo duas crianças e um adulto, e uma criança no estado de Pernambuco.Além disso, 98,37% dos casos (2.708) ocorreram no estado de São Paulo.

( Fonte: G1 )

 

Saúde em Foco

O surto de sarampo, novas descobertas sobre imunização e o combate às notícias falsas sobre vacinas vão ser alguns dos temas debatidos por mais de 1,1 mil profissionais de saúde que participam nesta semana da Jornada Nacional de Imunizações, em Fortaleza, no Ceará. O evento, com 114 conferencistas, começa hoje (4) e vai até sábado.

Presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), entidade que promove o encontro, Juarez Cunha afirma que a percepção dos problemas que levaram à baixa na cobertura vacinal fez com que o tema da jornada seja “Promovendo o valor da imunização”.

( Fonte: Agência Brasil )

Saúde em Foco

No dia 29 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Coração, e durante todo o mês ONGs e entidades médicas concentram esforços para  conscientizar a população por meio da Campanha Setembro Vermelho – que aborda o desenvolvimento das doenças cardiovasculares, os principais fatores de risco e como mudar hábitos para levar uma vida mais saudável.

 

Doenças cardiovasculares como hipertensão, infarto, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência cardíaca, matam cerca de 350 mil brasileiros, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).Os fatores de risco para os acidentes cardiovasculares podem ser divididos em modificáveis e não-modificáveis. Entre os modificáveis, estão: hábitos alimentares, atividade física, estresse e cessação do tabagismo. Predisposição genética para a formação de placas de arteriosclerose, as temidas placas de gordura responsáveis pela obstrução do fluxo de sangue ao coração, estão entre os fatores não-modificáveis.

 

Saúde em Foco

As doenças cardiovasculares continuam sendo a principal causa de mortalidade entre os adultos em idade média no mundo, mas nos países ricos o posto é ocupado pelo câncer, afirmam dois estudos publicados nesta terça-feira.

“É provável que o câncer se transforme na causa mais comum de morte no mundo nas próximas décadas”, afirmam os pesquisadores.
As doenças cardíacas representaram mais de 40% das mortes, quase 17,7 milhões de óbitos, em 2017, seguidas pelo câncer, com 26% dos falecimentos.

( Fonte: UAI )

 

Saúde em Foco

De uma hora para outra, o professor Nelson Roberto Antoniosi Filho ficou famoso. Só nesta segunda-feira, recebeu dezenas de pedidos de entrevistas vindos de veículos de comunicação de todo o país.

E não é para menos. Ele coordena a pesquisa da Universidade Federal de Goiás (UFG) que fez uma descoberta e tanto: o uso da cera de ouvido no diagnóstico do câncer. Inédita, a pesquisa promete revolucionar o tratamento da doença no Brasil e, quiçá, no mundo.

( Fonte: saúde plena )

Saúde em Foco

O retorno do sarampo a regiões do Brasil, contagiando principalmente adultos, fez com que a vacina tríplice viral voltasse a entrar em evidência.

A Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) alerta, entretanto, que a surpresa de parte da população adulta em relação à necessidade de se vacinar comprova o desconhecimento em relação ao Calendário Nacional de Vacinação. Vice-presidente da SBIm, Isabela Balalai informa que a entidade criou um grupo multidisciplinar focado em como reverter essa situação

(Fonte: Agência Brasil  )

 

Saúde em Foco

vacina está disponível gratuitamente nos centros de saúde durante todo o ano, mas foi preciso que o sarampo voltasse a atacar em Minas para que houvesse mobilização em busca de proteção. Resultado: corrida às unidades e filas para conseguir as doses para crianças e adultos.

Com quatro casos confirmados da doença, que é altamente contagiosa, e outros 55 em investigação, o medo do vírus lotou postos em Belo Horizonte. A preocupação tem motivos, já que é grande o risco de a moléstia se espalhar, exatamente devido à baixa cobertura vacinal. A estimativa da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) é de que aproximadamente 8,9 milhões de pessoas em território mineiro não estejam protegidas com as duas doses da vacina.

( Fonte:Estado de Minas )

Saúde em Foco

A Secretaria Estadual da Saúde anunciou na tarde desta quarta-feira (28) a primeira morte provocada pelo sarampo na cidade e no estado de São Paulo desde o início do surto da doença neste ano. Segundo a secretaria, é a primeira morte no estado desde 1997. Vítima tinha 42 anos e não havia sido imunizada, segundo Secretaria Estadual da Saúde. Balanço da semana passada registrou no estado 2.457 casos da doença, sendo 66% na capital.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que fez bloqueio na região onde a vítima morava, no hospital, próximo à família dele e no local onde ele trabalhava. Além disso, aplicou vacinas nas pessoas que vivem ou trabalham nesses locais. A suspeita é que a vítima tenha contraído sarampo de duas sobrinhas.

Fonte: G1

Saúde em Foco

A volta do sarampo e a necessidade de vacinação. Renata Lo Prete conversa com Helena Sato e Francisca Andrade, especialistas na área de saúde, e com a jornalista da TV Globo Fabiane Leite.

Um dia depois da confirmação da primeira morte de sarampo na capital paulista desde 1997, Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, explica o que é o sarampo, quem precisa se vacinar e qual a relação entre a falta de cobertura vacinal e a explosão no número de casos.

( Fonte: G1 )

Saúde em Foco

Saúde em Foco

Adotado por grandes metrópoles, com poucos espaços para hortas e com população em crescimento vertiginoso, o movimento de agricultura urbana tem como princípio a possibilidade da produção de alimentos bem próxima do consumidor. Em alguns sistemas, sem uso de agrotóxicos, proporciona produtos frescos, produzidos em áreas públicas, arrendadas ou subaproveitadas, evitando o transporte por longos trechos em veículos poluentes e os fretes que encarecem o preço ao consumidor.

O cultivo de plantas comestíveis, folhosas, medicinais e leguminosas em espaços urbanos ganha cada vez mais adeptos e avança na busca de novos modelos, a fim de contribuir com agricultura sustentável e saudável, além de combater o desperdício.

( Fonte:Estado de Minas )

Saúde em Foco

Embora mais baratos, carregadores genéricos são menos seguros que os de marca. O alerta é da Universidade Americana de Medicina de Emergência (ACEP, na sigla em inglês). Segundo texto publicado no site da instituição, grande parte desses aparelhos não passam nos principais testes de estabilidade e segurança, expondo o usuário a riscos de queimaduras e até incêndios.

constatação é científica, afirma o aviso. Um estudo recente da Electrical Safety First – organização britânica voltada à redução de acidentes elétricos – avaliou 64 fontes genéricas fornecidas pela AppleTrinta e sete falharam nos testes de isolamento elétrico. Uma investigação mais antiga da entidade – esta, realizada com 400 dispositivos genéricos para Iphone – chegou a reprovar 99% das amostras.

( Fonte:Estado de Minas )

Saúde em Foco

Um levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostrou que nos últimos nove anos o Brasil desativou 15,9 mil leitos de internação pediátrica, aqueles destinados a crianças que precisam permanecer no hospital por mais de 24 horas.

Segundo a SBP, dados obtidos no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), mantido pelo Ministério da Saúde, indicam que em 2010, o país dispunha de 48,8 mil leitos no Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2019, segundo dados relativos ao mês de maio, o número baixou para cerca de 35 mil.

( Fonte:Agência Brasil )

Saúde em Foco

dengue é a epidemia provocada por doença tropical que mais matou pacientes em Minas Gerais nos últimos 10 anos, de acordo com a Sociedade Mineira de Infectologia e os dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES) de 2010 a 29 de julho deste ano. Para se ter uma ideia da mortalidade dessa infecção transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o número de óbitos nesse período (723) se compara a cinco jatos Embraer E195-E2, o maior avião de transporte de passageiros produzido no Brasil, com capacidade 146 passageiros por aeronave.

A abrangência também impressiona. Só de doentes que lotaram os postos de saúde e hospitais – sem contar quem teve a doença e não procurou atendimento – foram 1.983.347 pacientes, o mesmo que 32 estádios do Mineirão com suas capacidades de 62 mil torcedores esgotadas.

(Fonte:Estado de Minas)

 

Saúde em Foco

O sarampo é uma doença extremamente contagiosa causada por um vírus do gênero Morbillivirus, da família Paramyxoviridae. A transmissão pode ocorrer por meio da fala, tosse e/ou espirro. O quadro de infecção pode ser grave, com complicações principalmente em crianças desnutridas ou com sistema imunológico debilitado.

A primeira dose é dada nas crianças com 1 ano e a segunda com 15 meses. A vacina do sarampo é gratuita na rede do Sistema Único de Saúde.

Se você não tomou (ou não lembra se tomou) as vacinas do sarampo, siga a orientação de acordo com sua idade:

  • Até 29 anos: faça 2 doses, com intervalo mínimo de 1 mês entre elas;
  • De 30 a 49 anos: faça uma dose;
  • Mais de 50 anos: não há limite de idade para a vacina do sarampo, mas considera-se que acima desta idade não há necessidade, pois existe uma grande chance das pessoas já estarem imunes.

(Fonte:G1)

Saúde em Foco

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) abre nesta quarta-feira (31) consulta pública para duas propostas que pretendem regulamentar o cultivo de maconha para fins medicinais e científicos no Brasil. Este é passo seguinte da medida aprovada pela diretoria colegiada da Anvisa, em junho deste ano.

A agência informou em comunicado que organizará uma audiência pública em Brasília marcando o início desta consulta.

(Fonte:G1)

Saúde em Foco

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, lançam nesta quinta-feira (1º) o programa Médicos pelo Brasil, que vai substituir o Mais Médicos, criado em 2013, no governo de Dilma Rousseff. O lançamento ocorrerá em cerimônia no Palácio do Planalto, marcada para as 11h.

O principal objetivo do novo programa continua sendo a interiorização de médicos pelo país, especialmente nas regiões mais remotas e desassistidas.

(Fonte:Agência Brasil)

Saúde em Foco

Duas gêmeas siamesas de Bangladesh unidas pela cabeça foram separadas nesta sexta-feira em Daca após uma longa intervenção cirúrgica, anunciaram os médicos húngaros que as operaram no âmbito de um projeto humanitário.

As duas garotas estão em “estado estável após a separação final”, que durou cerca de trinta horas e mobilizou uma equipe de 35 especialistas húngaros, indicou à AFP o neurocirurgião Andras Csokay.

(Fonte:Estado de Minas)

Saúde em Foco

O Rio de Janeiro entrou em estado de alerta hoje (1º) devido ao surto de sarampo no estado vizinho de São Paulo. Além de informar a população, a medida divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde prevê ações como reforço da vacinação em postos de saúde fluminenses.

Panfletos com detalhes sobre os sintomas da doença e a importância da imunização para previnir a contaminação estão sendo distribuídos em terminais de transportes públicos e aeroportos do estado.

(Fonte:Agência Brasil)

Saúde em Foco

Moradores de Belo Horizonte que utilizam os serviços do Farmácia de Minas, localizado na Avenida do Contorno, no Bairro Gurtierrez, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, devem ficar atentos. O atendimento está suspenso nesta segunda-feira no local. Ainda não há previsão para a normalização.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG), o serviços teve que ser paralisado devido a problemas técnicos na rede da Farmácia de Minas da Regional de Saúde de Belo Horizonte.

(Fonte:Estado de Minas)

Saúde em Foco

O número de pacientes notificados com casos de hepatites virais no Brasil aumentou 20% de 2008 a 2018, de acordo com o Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2019, divulgado nesta segunda -feira (22) pelo Ministério da Saúde. Em 2008, foram registrados 35.370 casos. Dez anos depois, esse número saltou para 42.383.

Apesar do aumento, o levantamento apontou queda de 9% no total de mortes, saindo de 2.402 em 2007 para 2.184 em 2017.

(Fonte:Agência Brasil)

Saúde em Foco

 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) colocou em votação nesta terça-feira (23) a proposta de um novo marco regulatório para avaliação e classificação toxicológica de agrotóxicos. O tema entrou na pauta da reunião da diretoria da Anvisa em Brasília.

Entre 2011 e 2018, quatro consultas públicas já foram realizadas sobre o tema.

(Fonte: G1)

Saúde em Foco

Mais da metade da população está acima do peso e a obesidade atinge um a cada cinco brasileiros, segundo dados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2018, divulgada na manhã desta quarta-feira (25).

De acordo com o levantamento, 55,7% dos entrevistados têm excesso de peso – aumento de 30,8% desde 2006, quando o Ministério da Saúdecomeçou a realizar a pesquisa. Naquele ano, 42,6% dos brasileiros estavam acima do peso.

(Fonte:G1)

Saúde em Foco

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira (23) uma nova consulta pública para restringir o uso de gordura trans na indústria de alimentos. A proposta quer a implementação gradual de novos limites dessas substâncias na composição dos produtos.

Segundo a agência, o projeto usou como base a análise de estudos científicos. Pesquisas mostram que o excesso de ácidos graxos trans (AGTs) na comida é responsável pelo desenvolvimento de problemas cardiovasculares.

(Fonte:G1)

Saúde em Foco

Saúde em Foco

Faltam soros contra picadas de cobra, de escorpiões e contra a exposição ao vírus da raiva em cidades espalhadas por todo o estado de Minas Gerais. A situação, que já parece séria, tende a se estender pelo menos até o fim do ano. Pior: já se arrasta há cerca de quatro anos. Ainda mais grave: ocorre em decorrência de uma medida que deveria melhorar a qualidade de produção das substâncias para atender à população brasileira.

O problema se arrasta desde 2015, quando o país começou a sofrer com a escassez de soros antibotrópicos (usado em acidentes com cobras), antiescorpiônicos e antirrábicos. A situação é ainda mais grave na Região Norte de Minas, onde municípios se organizaram para acionar a Comissão Intergestora Bipartite (CIB), pedindo que apele ao Ministério da Saúde para que os estoques sejam regularizados.

(Fonte:Estado de Minas)

Saúde em Foco

Em meio à epidemia de dengue, que já é a segunda pior registrada em Minas Gerais, outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti amedrontam a população. O estado registrou a primeira morte por febre chikungunya em 2019.

Um morador de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, não resistiu aos sintomas da moléstia, que acumula 2.637 notificações no ano. O óbito foi confirmado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG), em boletim epidemiológico divulgado ontem. Já a zika tem seis vezes mais casos prováveis – número que engloba os confirmados e suspeitos –  nos primeiros sete meses do que o total registrado ao longo de 2018 inteiro.

(Fonte:Estado de Minas)

Saúde em Foco

O consumo habitual de mais de três xícaras de café de 50 ml por dia aumenta em até quatro vezes a chance de pessoas geneticamente predispostas apresentarem pressão arterial alta. A descoberta faz parte de um estudo desenvolvido na Universidade de São Paulo (USP) e publicado na revista Clinical Nutrition.

Estudo anterior mostra, por outro lado, que o consumo moderado de café (de uma a três xícaras por dia) tem efeito benéfico sobre alguns fatores de risco cardiovascular – particularmente a pressão arterial.

(Fonte:Agência Brasil)

 

Saúde em Foco

Nas últimas 3 semanas, o Ministério da Saúde rompeu Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) com 7 laboratórios públicos nacionais que produzem medicamentos para o Sistema Único de Saúde (SUS), que os distribui gratuitamente a população. Noticiada hoje (16/7) pelo jornal O Estado de S.

Paulo, a ação resultou na suspensão da fabricação de 19 medicamentos  para o tratamento de câncer, diabetes e transplantados, que agora serão desenvolvidos por iniciativas privadas. A ruptura dos contratos preocupa profissionais da saúde e laboratórios públicos, que podem perder investimentos para a continuidade de seus trabalhos, e por isso, darão início à ações judiciais.

(Fonte:Correio Braziliense)

Saúde em Foco

Bomba esculpe o corpo, mas causa: problemas no coração, câncer, infertilidade, problemas no fígado e distúrbios psiquiátricos”. Com esse lema, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) lançou hoje (15), Dia do Homem no Brasil, a campanha “Bomba, Tô Fora”, contra o uso de anabolizantes sem recomendação médica.

De acordo com a entidade, o uso de esteroides anabolizantes e similares, sem recomendação médica, dentro e fora do esporte de alto rendimento, especialmente por jovens que desejam melhorar a aparência e o condicionamento físico, deve ser considerado como um problema social e de saúde pública.

(Fonte:Agência Brasil)

Saúde em Foco

América Latina e Caribe são vítimas de uma “epidemia de obesidade”, denuncia um informe publicado nesta segunda-feira pela OCDE e a FAO, ao mesmo tempo que o número de pessoas em situação de insegurança alimentar continua aumentando na região.

“A obesidade afeta atualmente quase 25% da população e 60% dos habitantes têm sobrepeso na América Latina e no Caribe”, destaca o relatório, que tem como título “Perspectivas agrícolas 2019-2028”, elaborado pela Agência da ONU para a Agricultura e a Alimentação (FAO) e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômicos (OCDE).

(Fonte: Estado de Minas)

Saúde em Foco

As gêmeas siamesas que estavam internadas no Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto (SP) morreram na madrugada desta terça-feira (2). A informação foi confirmada pelo hospital. A causa da morte não foi divulgada.

As gêmeas estavam internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal desde o dia 25 de junho, quando nasceram.

(Fonte: G1)

Saúde em Foco

Amostras de materiais retirados do entorno da Lagoa da Pampulha, um dos cartões-postais de Belo Horizonte, e da Cidade Administrativa, Sede do Governo de Minas Gerais, deram positivo para a bactéria da febre maculosa.

Os dois locais já são conhecidos pela presença de capivaras, um dos hospeiros do carrapato-estrela, vetor da doença. A confirmação foi feita em abril pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). As amostras foram coletadas devido ao surto da moléstia em Contagem, na Grande BH. O número de notificações já chega a 84, sendo quatro mortes confirmadas e dois pacientes infectados.

(Fonte: Estado de Minas)

Saúde em Foco

O consumo de bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos de frutas artificialmente adoçados, está vinculado a um risco maior de desenvolvimento de certos tipos de câncer, advertiram cientistas em um estudo publicado nesta quinta-feira (11). O estudo foi conduzido por pesquisadores franceses e divulgado em artigo da revista médica BMJ.

A equipe de pesquisadores na França quis avaliar as associações entre o consumo de bebidas açucaradas e os riscos de câncer em geral, assim como alguns tipos específicos de tumores malignos, como de mama, próstata e intestino.

 (Fonte: